Saiba onde encontrar iniciativas de distribuição de alimentos em São Paulo

Plataforma mapeia ações desenvolvidas pela Prefeitura de São Paulo e por instituições da sociedade civil

Cesta básica
Cesta básica - Shutterstock

por Gabriela Campos
Publicado em 14/04/2021 às 15:59
Atualizado às 15:59

COMPARTILHEFacebook Finanças e EmpreendedorismoPinterest Finanças e Empreendedorismo

Além de milhares de vidas perdidas por conta da pandemia da Covid-19, o Brasil passa hoje também por uma crise econômica devastadora, a qual vem ocasionando taxas de desemprego altíssimas e um aumento extremamente considerável nos preços dos alimentos que compõem a cesta básica. Quem mais sofre com isso? A população de baixa renda.

Muitas famílias viram as suas rendas - que já eram baixas - se extinguirem e passaram a depender totalmente de auxílios públicos e da solidariedade de instituições organizadas pela sociedade civil para terem o que comer.

A partir dessa realidade surgiu a Sampa + Solidária, uma plataforma que reúne as iniciativas públicas e privadas vigentes na cidade de São Paulo e facilita o acesso às informações dessas ações de distribuição de alimentos a populações em situação de vulnerabilidade. 

A plataforma foi lançada neste período de pandemia para facilitar as buscas de quem quer assistir ou ser assistido por alguma dessas iniciativas e pode ser acessada através do endereço https://sampamaissolidaria.prefeitura.sp.gov.br/.

No site, o usuário pode encontrar as iniciativas que sejam mais próximas da sua localidade por meio da opção “Mapa” e, além dessa opção, há também a possibilidade de escolher entre as iniciativas públicas, privadas e os bancos de alimentos. Ao clicar na opção, uma aba é aberta com as informações daquela ação, como datas e horários das ações.

Cadastramento de ações

De acordo com a Prefeitura, a ferramenta também é ponto central para o cadastramento de pessoas físicas, grupos e membros de entidades organizadas que estejam distribuindo ou queiram distribuir refeições, evitando assim, o desperdício de alimentos e distribuições duplicadas. 

As iniciativas cadastradas poderão ainda ter acesso a alguns insumos cedidos pela Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, como EPI’s, embalagens biodegradáveis e água envasada em copos descartáveis. 

Leia também