Feirão Caixa da Casa Própria inicia edição 100% online

Mais de 180 mil imóveis serão ofertados em todo o país; saiba como irá funcionar!

Casal sentado no sofá, rodeado de caixas e com um tablet nas mãos
Casal sentado no sofá, rodeado de caixas e com um tablet nas mãos - Shutterstock

por Gabriela Campos
Publicado em 25/06/2021 às 10:13
Atualizado às 10:13

COMPARTILHEFacebook Finanças e EmpreendedorismoPinterest Finanças e Empreendedorismo

A Caixa Econômica Federal deu o pontapé inicial no tão aguardado Feirão Caixa da Casa Própria 2021. Nesta edição, que vai dos dias 25 de junho a 4 de julho, todas as etapas do Feirão serão realizadas totalmente online.

De acordo com informações da Caixa, serão ofertados mais de 180 mil imóveis em todo o país e mais de 6 mil imóveis Caixa com condições especiais de financiamento.

Entre essas condições de financiamento diferenciadas ligadas aos imóveis Caixa, estão: imóveis 100% financiados no SBPE; taxas a partir de TR + 2,50% + Remuneração da Poupança; carência de 6 meses; e tarifa reduzida. 

Onde acessar? 

Os interessados em simular ou dar entrada no pedido de financiamento da casa própria devem acessar o site https://feirao.caixa.gov.br/ e baixar em seu smartphone o aplicativo Habitação CAIXA, disponível na Google Play e Apple Store. O início do processo de financiamento será feito apenas via aplicativo. 

Quais informações estarão disponíveis?

Por meio do site ou aplicativo, estão disponíveis todas as informações sobre os imóveis ofertados e os interessados poderão escolher o imóvel desejado, realizar uma simulação de financiamento e ainda ser atendido por um Correspondente Caixa Aqui ou incorporadores imobiliários via chat. 

Importante: o início do processo de financiamento, deve ser feito por meio do aplicativo Habitação CAIXA. 

Quais documentos são necessários para o financiamento? 

Para solicitar o financiamento, os interessados precisam ter em mãos:

- Documento oficial de identificação;

- Comprovante de renda atualizado, emitido no máximo há 2 meses.

Aqueles que desejarem utilizar o FGTS na compra do imóvel, deverão acrescentar na lista acima a última declaração do Imposto de Renda (com o recibo de entrega à Receita Federal) e a Carteira de Trabalho ou Extrato de FGTS.

Leia também