Conheça os três bilionários que arrecadaram juntos mais de US$ 260 bilhões em 2020

Jeff Bezos, Elon Musk e Bernard Arnault apareceram na ponta da lista dos maiores bilionários do mundo divulgada pela Forbes

Jeff Bezos
Jeff Bezos - Shutterstock

por Gabriela Campos
Publicado em 08/04/2021 às 18:04
Atualizado às 18:04

COMPARTILHEFacebook Finanças e EmpreendedorismoPinterest Finanças e Empreendedorismo

O ano de 2020 foi um ano de crise econômica... mas não para todo mundo. Na recente lista dos maiores bilionários do mundo, divulgada pela Forbes, foi notado que a crise econômica agravada pela pandemia da Covid-19 se espalhou pelo mundo todo, mas, como bem diriam as mães mais zelosas, em especial dos bilionários Jeff Bezos, Elon Musk e Bernard Arnault: eles não são todo mundo.

Os três bilionários não só mantiveram o seu patrimônio durante o ano passado, como o fizeram crescer ainda mais. O pai da gigante Amazon, Jeff Bezos, viu seu patrimônio crescer US$ 64 bilhões de 2020 para cá e pelo 4º ano seguido aparece na lista como a pessoa mais rica do mundo. Se você fez algumas comprinhas on-line na plataforma durante o período de isolamento social em 2020, Bezos, as ações da Amazon e sua nova fortuna de US$ 177 bilhões agradecem muito. 

Outro bilionário muito falado na mídia e que viu sua fortuna crescer de forma surpreendente em 2020 foi o empresário Elon Musk. Em 2019, Musk ocupava a 31ª posição do ranking da Forbes e possuía uma fortuna estimada em US$ 24,6 bilhões. Contudo, em 2020 o empresário decolou para a ponta da lista e passou a ocupar a 2ª posição, com uma fortuna de US$ 151 bilhões, US$ 126,4 bilhões a mais do que no ano anterior. 

O principal motivo para esse voo tão alto de Musk foi o aumento das ações da Tesla, as quais cresceram 705% em 2020.

Por fim, mas não menos importante, Bernard Arnault, o cabeça da maior empresa de artigos de luxo do mundo, a LVMH, conglomerado que inclui marcas como Louis Vuitton, Christian Dior e a varejista de cosméticos Sephora. 

O francês manteve a mesma posição de 2019 no ranking, contudo, a sua fortuna disse “não” à estabilidade e teve um crescimento de cerca de US$ 74 bilhões em 2020, quase dobrando o valor anterior de US$ 76 bilhões. No caso de Arnault e deste salto extremamente expressivo em sua fortuna, as razões apontadas pela Forbes foi o aumento de 86% nas ações da LVMH. 

Somando as quantias acumuladas pelos três em 2020, a ponta da lista dos maiores bilionários do mundo divulgada pela Forbes ficou US$ 260 bilhões mais rica. Tente multiplicar esse valor de acordo com a cotação do dólar de turismo atual, que está em torno de R$ 5,80, e você terá o valor em reais. Importante: tenha certeza de que uma calculadora comum não dará conta de apresentar todos os zerinhos desta conta bilionária!

Leia também