Concurso da PRF é adiado após decisão liminar

Provas aconteceriam neste domingo (9), mas foram adiadas por decisão liminar da 20ª Vara Federal Cível do DF

Concurso da PRF é novamente adiado
Concurso da PRF é novamente adiado - Shutterstock

por Gabriela Campos
Publicado em 04/05/2021 às 11:54
Atualizado às 11:54

COMPARTILHEFacebook Finanças e EmpreendedorismoPinterest Finanças e Empreendedorismo

As provas do concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF), agendadas para este domingo (9), foram novamente adiadas após a publicação de uma nova medida liminar assinada, com urgência, pela Juíza Federal Substituta Liviane Kelly Soares Vasconcelos, da 20ª Vara Federal Cível do Distrito Federal.

O edital, aberto em janeiro de 2021, prevê um total de 1.500 vagas com salários de R$ 9,8 mil. Após o primeiro adiamento motivado pelo agravamento da pandemia, em 12 de março, as provas haviam sido reagendadas para este domingo, 9 de maio, e teriam duração de até 4h30 minutos. 

De acordo com a decisão da Juíza, a qual foi embasada em dados do próprio Ministério da Saúde, o Brasil não apresenta, no momento, uma significativa melhora nos números da Covid-19, o que ainda geraria risco e dificuldade de aplicação da prova em âmbito nacional.

“Assim, o que se verifica é que, de acordo com os dados oficiais, não houve melhora significativa na situação da saúde pública de modo a justificar que uma prova adiada em 12 de março de 2021 seja aplicada em 9 de maio de 2021”, explica Vasconcelos.

Com o número de óbitos causados pela pandemia ainda em situação alarmante, a Juíza indica que a decisão de seguir com a realização da prova seria inaceitável. “Por outro lado, não se mostra aceitável que as autoridades federais, a quem caberia zelar pela saúde pública, acabem por implementar medidas que tenham potencial de agravar a já delicada situação atual do país em virtude da pandemia da Covid-19”, relata a Juíza em sua decisão.

Até o presente momento, a PRF e a Advocacia-Geral da União (AGU) ainda não se pronunciaram publicamente sobre a medida, a qual é passível de ser revogada.

Leia também