Timão e criptoativos: Corinthians fecha patrocínio com a Mercado Bitcoin

Acordo é direcionado ao time de futebol masculino e irá durar 16 meses

Mercado Bitcoin e Corinthians
Mercado Bitcoin e Corinthians - Shutterstock

por Gabriela Campos
Publicado em 02/09/2021 às 10:56
Atualizado às 10:56

COMPARTILHEFacebook Finanças e EmpreendedorismoPinterest Finanças e Empreendedorismo

Durante a live de aniversário de 111 anos do Sport Club Corinthians Paulista, realizada na noite da última quarta-feira (01), um novo patrocinador para o time de futebol profissional masculino foi anunciado: o Mercado Bitcoin, considerado a maior exchange de criptoativos da América Latina.

O novo patrocinador ficará com o time por 16 meses (de setembro de 2021 a dezembro de 2022) e irá tomar conta de um dos espaços mais disputados na camisa do timão, a barra frontal. Além da camisa, a parceria também prevê, ao longo do contrato, outras inserções do Mercado Bitcoin no dia a dia do clube e dos associados, por meio de ações de educação financeira e de criptomoedas voltadas à Fiel Torcida.

“A parceria com o Corinthians faz total sentido para o Mercado Bitcoin, pois compartilhamos as mesmas visões sobre democratização, pioneirismo e inovação. Além disso, acreditamos que o universo cripto e o mundo do futebol, juntos, viabilizam novos modelos de engajamento com a torcida e a geração de negócios rentáveis”, afirmou Reinaldo Rabelo, CEO do Mercado Bitcoin, em nota publicada pelo time.

Novidade: fan token do Corinthians 

Outra novidade criada por meio desta parceria e que chegará no mercado ainda neste mês são os fan tokens do Corinthians. O $SCCP será emitido nesta quinta-feira (02) pela Socios.com, empresa responsável pelo lançamento de tokens de grandes equipes do futebol internacional, dos times da National Basketball Association (NBA), do MMA e fórmula 1, entre outros. 

O token $SCCP poderá ser adquirido pela plataforma do Mercado Bitcoin e garantirá aos torcedores do clube espalhados ao redor do mundo acesso exclusivo a promoções, recompensas, participação em pesquisas e outros materiais. 

Fonte: Agência Corinthians

Leia também