Alta da Selic: conheça os melhores investimentos para esse período

Em períodos de alta da Selic existem investimentos que têm um melhor desempenho. Veja agora quais são eles!

A alta da Selic é uma maneira de conter a inflação do dinheiro brasileiro
A alta da Selic é uma maneira de conter a inflação do dinheiro brasileiro - Shutterstock

por Loyane Lapa
Publicado em 16/10/2021 às 10:00
Atualizado às 10:00

COMPARTILHEFacebook Finanças e EmpreendedorismoPinterest Finanças e Empreendedorismo

Em setembro foi realizada a última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central. Nele ficou decidido o reajuste da taxa Selic para 6,25%. Mas o que fazer com os investimentos em períodos de alta da Selic?

É importante lembrar que não são todos os investimentos que são afetados por esse índice, então você pode respirar aliviado. Os que serão afetados, de uma forma positiva são investimentos que estão atrelados à taxa Selic e ao Certificado de Depósito Interbancário (CDI). 

Ou seja, aqueles investidores que antes precisavam ir para investimentos de renda variável por conta da rentabilidade mas ficavam receosos podem se beneficiar neste momento. Principalmente se possuírem investimentos pós-fixados.

Isso porque, quando um investidor opta por uma aplicação pós-fixada, ele recebe uma previsão de lucros mas não sabe necessariamente o valor exato quanto aquele investimento vai render. 

Nesse sentido, os investidores que aplicaram seu dinheiro em títulos pós-fixados atrelados à taxa Selic investiram sem saber de fato o quanto receberam, já que essa é uma possibilidade de aplicação financeira que acompanha as oscilações do indexador. 

Entre essa categoria de investimentos beneficiada pela alta da Selic estão:

  • Tesouro Selic;
  • Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e Letras de Crédito do Agronegócio (LCA) emitidos por instituições financeiras atreladas ao CDI;
  • Certificados de Depósitos Bancários (CDB) atrelados ao CDI.

E quais são os investimentos prejudicados?

Nesse momento, os investimentos que mais podem ser prejudicados pela alta da Selic são os investimentos pré-fixados. Isso porque, os títulos pré-fixados oferecem uma remuneração fixa até a data de vencimento. 

Então, caso você esteja em dúvida entre investir em uma aplicação pré ou pós-fixada, opte nesse momento por uma pós-fixada. Os investimentos pré-fixados, principalmente aqueles de longo prazo, podem ser prejudicados, já que, com a alta da Selic, a taxa pode subir acima da taxa oferecida. 

Qual a importância da taxa Selic para esses investimentos?

A taxa Selic é um importante índice utilizado pelo Banco Central para controlar a inflação. Nesse sentido, quando a taxa Selic sobe, os juros que são cobrados em financiamentos, empréstimos e cartões ficam mais altos. Essa é uma medida tomada para desestimular o consumo entre a população e assim, controlar a inflação.

A alta da Selic também é importante para o câmbio, já que a longo prazo, o aumento dos juros favorece a valorização do real perante o dólar.

A expectativa de acordo com a projeção do Boletim Focus é de que a taxa Selic chegue a 8,25% ao ano. Mas, há ainda outras instituições que projetam um valor um pouco maior, de cerca de 8,45% ao ano até o fim de 2021.

TAGS