Prova de vida: confira o novo calendário e saiba como realizá-la

INSS anunciou também novos caminhos para quem deseja realizar a prova de vida domiciliar

Previdência
Previdência - Shutterstock

por Gabriela Campos
Publicado em 05/07/2021 às 14:51
Atualizado às 14:51

COMPARTILHEFacebook Finanças e EmpreendedorismoPinterest Finanças e Empreendedorismo

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) divulgou novidades com relação à prova de vida de seus segurados. Além de um novo calendário, o Instituto anunciou novos caminhos para quem deseja agendar a realização da prova de vida domiciliar. 

De acordo com o novo decreto, publicado nesta segunda-feira (05) no Diário Oficial da União, os beneficiários do INSS que possuírem dificuldade de locomoção ou forem maiores de 80 anos poderão solicitar a visita de um representante do Instituto em sua casa ou local determinado. 

O pedido de “pesquisa externa”, como é chamada a visita do representante, poderá ser efetuado por terceiros, por meio da Central 135 ou pelo Meu INSS. Para os beneficiários que apresentam dificuldade de locomoção, o Instituto irá solicitar uma comprovação documental.

O decreto ainda afirma que os beneficiários que tiverem iniciado os trâmites de pesquisa externa dentro do prazo, ou seja, antes da “competência de bloqueio”, não terão o benefício suspenso enquanto a visita estiver pendente. 

Para que serve a prova de vida?

A prova de vida tem a finalidade de evitar fraudes por meio da comprovação que o beneficiário do INSS está vivo e, por isso, deve ser realizada anualmente pelos segurados. 

Por conta da pandemia, desde 2020 a prova de vida não vinha sendo exigida, contudo, em maio de 2021 as regras mudaram novamente e aqueles que não regularizarem sua situação junto ao INSS dentro do prazo terão os seus benefícios bloqueados.

Quais as maneiras de realizar a prova de vida?

Os beneficiários podem realizar a prova de vida de três maneiras:

  1. Presencial: indo até a agência do banco onde recebe o benefício. Para esse processo, é imprescindível ter em mãos um documento de identificação com foto;
  2. Digital: alguns beneficiários podem fazer a prova de vida pelo celular, por meio da biometria facial. O sistema ainda não está disponível para todos, por isso, é importante checar a liberação ou não por meio do app Meu INSS ou do site gov.br/meuinss;
  3. Domiciliar: como explicado acima, uma outra forma de realizar a prova de vida é solicitando a visita de um representante do Instituto. Em caso de dúvidas, indicamos que os interessados entrem em contato com a Central pelo número 135.

Confira abaixo o novo calendário anunciado e fique atento às datas:

Data de vencimento da comprovação de vidaBloqueio
Até abril/2020Junho/2021
Maio e junho/2020Julho/2021
Julho e agosto/2020Agosto/2021
Setembro e outubro/2020Setembro/2021
Novembro e dezembro/2020Outubro/2021
Janeiro e fevereiro/2021Novembro/2021
Março e abril/2021Dezembro/2021
Maio e junho/2021Janeiro/2022
Julho e agosto/2021Fevereiro/2022
Setembro e outubro/2021Março/2022
Novembro e dezembro/2021Abril/2022
Janeiro e fevereiro/2022Maio/2022
Março e abril/2022Junho/2022
Maio e junho/2022Julho/2022
Julho/2022Agosto/2022

Fonte: Governo Federal

Leia também