Franquias Starbucks: é possível ter uma?

Por ser uma rede de cafeterias mundialmente famosa, a procura por abrir uma loja das franquias Starbucks é alta. Mas será que isso é possível?

A rede de cafeterias Starbucks funciona de maneira diferente. Leia e confira!
A rede de cafeterias Starbucks funciona de maneira diferente. Leia e confira! - Shutterstock

por Loyane Lapa
Publicado em 22/11/2021 às 14:00
Atualizado às 14:00

COMPARTILHEFacebook Finanças e EmpreendedorismoPinterest Finanças e Empreendedorismo

A Starbucks surgiu em 1971, na cidade de Seattle, Estados Unidos. Na época, três amigos empreendedores apaixonados por cafés e chás se uniram e criaram a cafeteria. 

Ao longo do tempo, a Starbucks se tornou mundialmente famosa e icônica, muito querida por jovens por conta da variedade de bebidas e lanches rápidos oferecidos

Apesar de muito querida e popular no exterior, a Starbucks só veio para o Brasil bastante tempo depois, em 2006. A primeira cafeteria da rede no país se fixou no Morumbi Shopping, na cidade de São Paulo. 

Mesmo há 15 anos em território brasileiro, existem poucas cafeterias da Starbucks. A maioria está no eixo Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina e Distrito Federal. Por isso, investidores de outros estados passaram a procurar pelas franquias Starbucks a fim de expandir a atuação da marca. Mas será que isso é possível?

A má notícia de hoje é que a Starbucks não funciona dentro do modelo de franquias. Ou seja, não é possível abrir uma loja das franquias Starbucks, porque ela não existe.

No entanto, é possível adquirir uma licença da marca. Com isso, é possível abrir a sua própria loja e oferecer todos os produtos oferecidos pela Starbucks aqui no Brasil.

Por ser uma marca que se adequa ao território em que está, existem produtos vendidos pela rede de cafeterias que só existem por aqui!

Como funciona o licenciamento da Starbucks?

Existe uma pequena diferença entre o modelo de licenciamento - que é o oferecido pela Starbucks -  e o modelo de franquias. Entre eles, o licenciamento é mais flexível, já que não é obrigatório seguir os padrões estabelecidos pelo franchising.

No entanto, o licenciamento dificulta no que se refere ao auxílio prestado pela marca. No modelo de franquias, existe uma espécie de manual sobre vendas, funcionamento e know-how de experientes no assunto.

Já com o licenciamento, pode até acontecer de você receber um auxílio na marca licenciada, mas isso ocorre de uma maneira muito diferente do modelo de franquias.

Caso você tenha se interessado pelo modelo de licenciamento oferecido pela Starbucks, saiba que é completamente possível consegui-lo. Para isso, basta fornecer as informações solicitadas pela marca e aguardar um retorno.

Como solicitar o licenciamento da Starbucks?

Em primeiro lugar, é necessário entrar em contato com a marca acessando o domínio internacional da marca: www.starbucks.com e se inscrever na área de ‘Become a customer’. 

Nesse site, também o Starbucks mostra as possibilidades de abertura de estabelecimentos em universidades, negócios e indústrias, lojas de rua, entre outros. Depois do envio de dados, a marca analisará o seu perfil de empreendedor para checar se ele está alinhado com os valores da marca.

Em caso de interesse, a Starbucks entrará em contato para solicitar mais informações.

As estimativas são de que, para abrir uma loja Starbucks licenciada pela marca, o investimento realizado seja em torno de R$ 500 mil a R$ 1 milhão

E como mencionado, esse valor corresponde ao licenciamento. Ou seja, você terá acesso apenas aos suportes básicos oferecidos pela marca. Isso significa que, para fazer sucesso, será necessário suar bastante a camisa!

Ainda assim, é um dinheiro que vale a pena. Afinal, a Starbucks possui muita popularidade e reconhecimento entre os apreciadores de um bom café.