Franquias de alimentação: conheça 10 destaques para investir

Sendo um mercado que nunca deixará de ter demanda, as franquias de alimentação são sempre as mais procuradas. Confira!

A alimentação é uma necessidade básica, por isso, a procura por esse tipo de franquia é alta!
A alimentação é uma necessidade básica, por isso, a procura por esse tipo de franquia é alta! - Shutterstock

por Loyane Lapa
Publicado em 16/11/2021 às 13:30
Atualizado às 13:30

COMPARTILHEFacebook Finanças e EmpreendedorismoPinterest Finanças e Empreendedorismo

A alimentação é uma necessidade básica do ser humano e isso não dá para negar. E é exatamente por isso que muitos empreendedores apostam em produtos que tenham a ver com esse tipo de consumo no Brasil.

De acordo com levantamento realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em parceria com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), a compra de comida por delivery saltou de 30,4% em 2019 para 54,8% em 2021.

Fora isso, houve crescimento também em compras de supermercado. Enquanto o registro era de 9,2% em 2019, em 2021, esse número foi de 30,3%

Esses números evidenciam que, além de apostarem no delivery, as pessoas também não deixaram de consumir alimentos que gostavam por conta da pandemia.

Além disso, é possível investir em franquias de alimentação sem ter que gastar uma fortuna como em franquias mais conhecidas como o McDonald’s e o Burger King. Existem opções mais acessíveis e que estão em ascensão no mercado de alimentação.

Por isso, separamos hoje para você 10 destaques de franquias de alimentação. Elas são ideais para quem deseja investir nesse ramo e não possui tanto dinheiro para investir.

Além de variadas opções de comida, existem opções salgadas e doces. Confira!

1. Tio Coxinha

Com sede em São Paulo, a Tio Coxinha foi fundada em 2013 e entrou para o segmento de franquias em 2015. Essa é uma ótima opção para aqueles que procuram alimentos de consumo rápido, já que essa é uma das franquias de alimentação especializada em produtos como salgados e docinhos de festa. 

Para investir nessa franquia é necessário investir de R$ 100 mil a 125 mil. De acordo com dados da franquia, é possível obter retornos financeiros de 15 a 20 meses. Além disso, o faturamento médio é de R$ 45 mil.

2. FiChips Food

Criada em 2013 e incluída no segmento de franquias em 2019, a FiChips aposta no clássico prato inglês “Fish and Chips”, de peixes com batata frita. 

Para investir nessa franquia de alimentação, é necessário investir de R$ 109 mil a R$ 254 mil. O retorno de investimento acontece de 12 a 18 meses e o faturamento médio é de R$ 100 mil.

3. Pizzaria Di Nápoli Premium

Para aqueles que pensam em um negócio que aposte na comercialização de pizzas, a Pizzaria Di Nápoli pode ser uma boa aposta! No mercado de franquias desde 2012 e sede no Rio Grande do Sul, essa é uma das franquias de alimentação de destaque.

Para investir nesse modelo, é necessário investir de R$ 186 mil a R$ 209 mil. O retorno desse investimento acontece de 36 a 47 meses e o faturamento médio é de R$ 80 mil.

4. Chocolates Planalto

Fundada em 1936 e na área de franquias desde 2019, a Chocolate Planalto possui 11 unidades e sede no Rio Grande do Sul. Para abrir uma loja, é necessário um investimento de R$ 211 mil a R$ 244 mil. O retorno do investimento acontece entre 25 e 33 meses e o faturamento médio é de R$ 80 mil. 

5. Go Juice

A Go Juice é uma franquia de alimentação voltada para comidas naturais. Por isso, tem feito muito sucesso desde a sua fundação em 2012. Para ter a sua própria franquia, é necessário investir entre R$ 80 mil e 150 mil.

Além disso, o retorno desse investimento é mais breve e acontece de 18 a 22 meses. Seu faturamento médio é estimado em R$ 48 mil.

6. The Waffle King

Criada e incluída na área de franquias em 2020, a The Waffle King já chegou ao mercado conquistando uma série de empreendedores. Essa é uma franquia de alimentos que aposta no fast-food de waffles, sendo a primeira da América Latina. 

Para fazer parte da rede, é necessário investir R$ 156 mil. O retorno é estimado entre 18 a 24 meses e o faturamento médio é de R$ 50 mil.

7. Jack Chicken

No segmento de franchising desde 2021, a Jack Chicken é uma franquia de alimentos de São Paulo focada na comercialização de frango frito e batata frita. Para apostar nesse modelo de negócio, é necessário investir de R$ 68 a 100 mil. Seu retorno é estimado entre 12 a 18 meses e o rendimento médio é de R$ 50 mil.

8. Bella Gula

Com sede no Rio Grande do Sul, a Bella Gula é uma franquia de tortas artesanais e cafés especiais. Possui investimento de R$ 350 mil a 690 mil, com retorno do investimento entre 24 a 36 meses e faturamento médio de R$ 100 mil.

9. Aham! Forneria

Fundada no Rio de Janeiro, a Aham! Forneria está há mais de 10 anos no mercado. Contudo, a sua estreia como uma das franquias de alimentação só aconteceu neste ano, em 2021. 

Comercializando pizzas doces e salgadas, para investir nesse modelo de negócio, é necessário investir entre R$ 205 mil a 400 mil. O retorno é estimado entre 22 e 30 meses e o faturamento médio é de R$ 90 mil.

10. Maria Açaí

O Maria Açaí é uma franquia de alimentos com origem de Santa Cataria e aposta em produtos artesanais, com o conceito de superfood. É considerada uma das 5 maiores franquias de açaí do Brasil e tem conquistado o seu espaço no mercado.

Para investir, é necessário entre R$ 108 mil e 135 mil. Seu retorno de investimento acontece entre 12 e 24 meses e o faturamento médio é de R$ 54 mil.

Gostou da nossa máteria? Que tal compartilhá-la com alguém que possui interesse em investir em franquias de alimentação?