Ranking de reclamações: confira quais são as instituições financeiras recordistas de acordo com o Banco Central

As três primeiras posições do ranking de reclamações do Banco Central ficaram com instituições financeiras já bem conhecidas. Confira quais são!

O Banco Central do Brasil é a maior autoridade financeira do país
O Banco Central do Brasil é a maior autoridade financeira do país - Shutterstock

por Loyane Lapa
Publicado em 22/10/2021 às 10:35
Atualizado às 10:35

COMPARTILHEFacebook Finanças e EmpreendedorismoPinterest Finanças e Empreendedorismo

Trimestralmente, a maior autoridade financeira do país, o Banco Central do Brasil, realiza um ranking de reclamações. Nesse ranking, são registradas as reclamações formais feitas por consumidores nos canais oficiais de atendimento por meio da  internet, aplicativo BC+Perto, correspondência, presencialmente ou telefone (145).

Para fazer parte, a instituição pode ser um banco comercial, banco múltiplo, banco cooperativo, banco de investimento, filiais de bancos comerciais estrangeiros, caixas econômicas, sociedades de crédito, financiamento e investimento (SCFI) e administradoras de consórcio.

Além disso, para chegar até os números consideráveis dentro do ranking de reclamações, é necessário considerar uma série de pontos. No Banco Central, eles dividem todas as reclamações recebidas em três tipos de reclamações que, ao final, são somadas ao total de reclamações. Veja abaixo:

  • Reclamações reguladas procedentes: quantidade de ocorrências (irregularidades), em que se verifica indício de descumprimento, por parte da instituição, de lei ou regulamentação cuja competência de supervisão seja do Banco Central do Brasil.
  • Reclamações reguladas – outras: quantidade de ocorrências, associadas a reclamações, em que não se verificou indício de descumprimento, por parte da instituição, de lei ou regulamentação cuja competência de supervisão seja do Banco Central do Brasil.
  • Reclamações não reguladas: quantidade de ocorrências, associadas a reclamações, não relacionadas à lei ou regulamentação cuja competência de supervisão seja do Banco Central do Brasil.
  • Total de reclamações: valor obtido somando reclamações reguladas procedentes, reclamações reguladas – outras e reclamações não reguladas.

Dentro dessa listagem de reclamações, o Banco Central também divide esse ranking de  reclamações em duas categorias: ranking de bancos e financeiras e o ranking de administradoras de consórcio

Conheça agora quais são os recordistas de reclamação de acordo com o Banco Central:

Para chegar até os recordistas, o Banco Central realiza um cálculo em que o índice de reclamações é igual ao número de reclamações reguladas procedentes multiplicada por 1 milhão e divididas pelo número total de clientes da instituição

Índice de reclamações = (reclamações reguladas procedentes * 1.000.000) / número de clientes

Analise o ranking de reclamações abaixo:

  1. C6 Bank (conglomerado)
  2. BTG Pactual / Banco Pan (conglomerado)
  3. Inter (conglomerado)
  4. Bradesco (conglomerado)
  5. Santander (conglomerado)
  6. Caixa Econômica Federal (conglomerado)
  7. Banco do Brasil (conglomerado)
  8. Itaú (conglomerado)
  9. Votorantim (conglomerado)
  10. Nubank (conglomerado)

Nesse sentido, a menção ao conglomerado significa que todas as empresas dissidentes dessas instituições são incluídas dentro de seu “guarda-chuva” maior, no caso, a instituição financeira responsável pelo funcionamento do órgão. 

Para saber mais sobre o índice e o número de reclamações recebidas, acesse o Ranking de Reclamações do Banco Central.

TAGS