Forbes Under 30: quem são os jovens apontados na categoria de Finanças

Spoiler: dos seis jovens promissores citados na lista, cinco são mulheres!

Entre os nomes apontados pela Forbes estão Betina Roxo, Murilo Duarte e Nathalia Rodrigues
Entre os nomes apontados pela Forbes estão Betina Roxo, Murilo Duarte e Nathalia Rodrigues - Reprodução/Instagram @betinaroxo @faveladoinvestidor @nathfinancas

por Gabriela Campos
Publicado em 26/05/2021 às 09:00
Atualizado às 09:00

COMPARTILHEFacebook Finanças e EmpreendedorismoPinterest Finanças e Empreendedorismo

Anualmente, a Forbes publica a Forbes Under 30, uma lista em que são selecionados os mais promissores empreendedores, criadores e game-changers brasileiros com menos de 30 anos. 

A lista traz diversas categorias, como Arte (artes plásticas e literatura); Artes dramáticas (cinema, teatro e televisão); Ciência e educação; Design, arquitetura e urbanismo; Esportes; Finanças e venture capital; Gastronomia; Indústria (inclui infraestrutura e logística); Marketing e publicidade; Moda; Música; Tecnologia e inovação; Terceiro setor e empreendedorismo social; Varejo e e-commerce; e Web (inclui e-sports).

Dentro de cada categoria, os candidatos são avaliados de acordo com uma série de critérios e métricas determinadas pela instituição, como faturamento, criatividade, potencial de transformação no setor, entre outros. 

A lista é sempre divulgada no ano seguinte ao apurado, sendo assim, neste ano nós conhecemos a lista do Forbes Under 30 de 2020 e queremos mostrar mais detalhes de quem são os jovens promissores que foram apontados pela Forbes na categoria de Finanças. Bora dar uma olhadinha?

1 - Nathalia Rodrigues (21 anos)

Você pode não reconhecê-la por “Nathalia Rodrigues”, mas provavelmente já ouviu falar sobre o seu canal do Youtube, o Nath Finanças (já até indicamos ele aqui, quem se lembra?).

Nath é de Nova Iguaçu (Rio de Janeiro) e iniciou o seu canal há 2 anos com a missão de, por meio de uma linguagem acessível, ensinar educação financeira - especialmente para o público de baixa renda. Em entrevista à Forbes, a jovem ressaltou as razões que a levaram à criação do canal. “Não aguentava ver gente do mundo das finanças, que nunca morou na periferia, dizer pra mim o que tenho que fazer com o meu dinheiro ou tratar desse assunto como uma questão de mérito, porque ninguém é pobre porque quer. Não me sentia representada”, comentou. 

Com seu jeito “Nath” de ser, a jovem está crescendo em número de seguidores, em visibilidade (+ de 200 mil inscritos no Youtube; +300 mil seguidores no Instagram; podcast disponível no Spotify; livro lançado) e também em saldo na conta bancária: sim, ela já alcançou o seu primeiro milhão. 

2 - Murilo Duarte (25 anos) 

Com mais de 300 mil inscritos no Youtube, Murilo Duarte é a cabeça por trás dos conteúdos do canal Favelado Investidor (também já indicado aqui) e um dos cinco nomes apontados pela Forbes Under 30 na área de Finanças. 

Além do canal no Youtube, aos 25 anos, o jovem, que é morador da favela do Jardim João 23 (zona oeste de São Paulo), assina também um podcast, o Faveladocast; cursos; e-books; e parcerias de produção de conteúdo como a realizada com o Kondzilla. 

De acordo com Murilo, esse mergulho no mundo das Finanças foi a oportunidade que ele encontrou de entender como o dinheiro funciona e ajudar a sua família a ter uma condição de vida melhor. Hoje, ele compartilha esse conhecimento com seu público ou, como ele se refere, com os “quebradas”.

3 - Louise Barsi (26 anos)

Nascida já em meio ao universo dos investimentos, Louise Barsi chamou a atenção da internet quando, em 2019, passou a transmitir ao seu público a receita de sucesso da família. 

Família, qual família…? A jovem é a filha caçula do bilionário Luiz Barsi, um megainvestidor brasileiro. Em 2020, ela atraiu 7 mil participantes, entre alunos e assinantes, para cursos que revelam mais detalhes sobre a experiência do pai e o “Jeito Barsi de Investir”.

Economista, contadora e colunista de investimentos, a jovem não é do mundo do YouTube, mas compartilha com mais de 100 mil pessoas por meio do seu perfil do Instagram conteúdos relacionados a investimentos.

4 - Larissa Maranhão (26 anos)

Qual era o seu sonho aos 7 anos de idade? A pequena Larissa já tinha uma meta mais do que bem definida: estudar economia em Harvard - e foi o que ela fez!

A alagoana se formou em 2017 na sua universidade dos sonhos e fez parte da equipe de idealizadores da Brex, fintech criada pelos brasileiros Henrique Dubugras e Pedro Franceschi e que conquistou o Vale do Silício.

De acordo com a Forbes, Larissa fez a Brex bombar nos Estados Unidos ao montar uma ‘rede poderosa’ com mais de 100 aceleradoras e venture capital. A ação atraiu investidores e estima-se que a empresa tenha hoje mais de 500 funcionários.

5 - Lara Lemann (27 anos)

Ser o aporte financeiro para startups que estão em busca da resolução de problemas ou de ineficiências presentes na sociedade: foi essa a ideia de Lara Lemann e de sua sócia, Monica Saggioro, ao criarem em 2018 a Maya Capital. 

A empresa é um fundo de venture capital focado em alavancar empresas da América Latina dos mais diversos setores, como saúde, transporte, educação e serviços financeiros. Ao todo, a Maya Capital possui 25 empresas em seu portfólio, de acordo com informações disponibilizadas em seu site.

Em entrevista à Forbes, Lara diz que considera que hoje tem o melhor emprego do mundo. “Passo o dia falando com visionários que estão construindo soluções para os grandes problemas do nosso país e, em alguns casos, eu tenho a oportunidade de poder ajudá-los nesse sonho.”

6 - Betina Roxo (29 anos)

De analista de ações da XP Investimentos a estrategista-chefe da Rico Investimentos, corretora que também faz parte do grupo XP: esse é um pedacinho da trajetória de Betina Roxo, que, aos 29 anos, entrou para a lista da Forbes Under 30 aos 45 minutos do 2º tempo, mas com MUITO estilo e merecimento.

Com uma comunicação descomplicada e bem humorada, a jovem viu seu número de seguidores dar um salto e hoje é uma das vozes mais conhecidas no canal da Rico Investimentos.

Além da produção de conteúdo nas redes da XP, Betina segue com os vídeos, memes e reflexões em sua conta pessoal do Instagram. Vale a pena acompanhar!

Leia também