A taxa bancária que você não precisa pagar e provavelmente não sabe disso

É lei: você não precisa pagar pela cesta de serviços de uma conta que possui apenas serviços essenciais atreladas à ela

Taxas bancárias
Taxas bancárias - Shutterstock

por Gabriela Campos
Publicado em 04/07/2021 às 08:00
Atualizado às 08:00

COMPARTILHEFacebook Finanças e EmpreendedorismoPinterest Finanças e Empreendedorismo

Se nos últimos anos você vem pagando taxas bancárias referentes a cesta ou pacote de serviços da sua conta, atenção: você pode estar pagando essa taxa à toa - e nós já vamos te explicar porquê.

De acordo com a Resolução Nº 3.919/2010, o Banco Central do Brasildetermina que todas as instituições bancárias são obrigadas a oferecer aos seus clientes alguns tipos de serviços gratuitos, os chamados “serviços essenciais”. Entre estes serviços, está a “conta de depósito à vista”.

A “conta de depósito à vista” tem um nome bem auto-explicativo, uma vez que ela é basicamente uma conta normal, a qual permite ao usuário uma quantidade específica de movimentações gratuitas, depósitos, saques e até mesmo um cartão de débito, o qual pode ser utilizado normalmente para compras. 

Listamos abaixo as principais características que, por lei, são gratuitas. Se você der uma olhadinha nesta lista e pensar “olha, a minha conta eu uso apenas para essas funções e nesta quantidade de transações”, é hora de pegar seu extrato bancário, procurar nele se há a cobrança da tarifa de serviços e, se sim, ligar em seu banco e pedir a alteração da sua conta para a modalidade de serviços essenciais. Pagar taxa à toa não dá, né?!

Funções gratuitas dentro de uma conta de serviços essenciais (tipo: conta de depósito à vista):

- Cartão de débito;

- Até 4 saques por mês;

- Até 2 transferências entre contas da mesma instituição;

- Até 2 extratos por mês com as movimentações dos últimos 30 dias;

- Acesso ao internet banking;

- Compensação de cheques;

- Fornecimento de até 10 folhas de cheque (desde que o correntista reúna os requisitos necessários à utilização de cheques, de acordo com a regulamentação em vigor e as condições pactuadas).

Leia também