Banco Central estuda mudanças na poupança

De acordo com Roberto Campos Neto, presidente do BC, “existe uma vontade de fazer mudanças na poupança”.

A poupança é hoje o investimento preferido dos brasileiros
A poupança é hoje o investimento preferido dos brasileiros - Shutterstock

por Loyane Lapa
Publicado em 03/12/2021 às 10:40
Atualizado às 10:40

COMPARTILHEFacebook Finanças e EmpreendedorismoPinterest Finanças e Empreendedorismo

Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, revelou na última sexta-feira (26) que a entidade estuda algumas mudanças na poupança. Hoje, a caderneta de poupança é o investimento preferido do brasileiro, além disso, ele também é a principal fonte de financiamento de casas próprias da população.

Essa revelação foi feita após o questionamento de um empresário em um evento do setor imobiliário. Na pergunta, o empresário questionou a possibilidade da existência de uma caderneta de poupança indexada à inflação calculada pelo IBGE, que no caso é o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Mas, para aqueles que ficaram preocupados com o seu investimento em poupança hoje, podem ficar tranquilos. Campos Neto revelou que essa seria uma medida para o futuro, pois exige consulta pública e transição feita em etapas. Confira a declaração a seguir:

A gente tem estudado muito o tema da poupança. Existe obviamente uma vontade de fazer mudanças na poupança. A poupança tem várias conexões de direcionamento de várias coisas, o que faz com que a mudança seja bastante traumática. Você tem que fazer ela baseada numa forma bastante lenta, porque se não você pode criar ruptura no funding (financiamento) de algumas coisas — Roberto Campos Neto, presidente do BC.

Como funciona a poupança hoje?

Atualmente, a caderneta de poupança é uma reserva financeira que possui a finalidade de guardar dinheiro a longo prazo. Sua rentabilidade é definida por Lei e é indexada à Taxa Selic, que é a taxa básica de juros da economia brasileira.

Por sua vez, a taxa básica de juros é definida através de reuniões a cada 45 dias do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central. Nesse sentido, as regras atuais de rentabilidade da poupança é:

  • Quando a taxa básica de juros está abaixo de 8,5%, a poupança rende 70% da Taxa Selic mais a Taxa Referencial.
  • Já quando está acima de 8,5%, a poupança rende 0,5% ao mês mais a Taxa Referencial.

No entanto, vale lembrar que a Taxa Referencial está zerada desde 2017. Além disso, apesar de ser um dos primeiros investimentos criados, esse modelo de rentabilidade da poupança está em vigência desde o ano de 2012.

O assunto foi levantado porque a estimativa é de a taxa básica de juros de 2021 feche muito acima dos 8,5%. Conforme divulgação do Relatório de Mercado Focus, a Selic pode romper os 8,75% estimados e chegar em 9,25% no mês de dezembro.

Poupança foi o investimento mais rentável de novembro

Contrariando muitos especialistas e batendo de frente com a Bolsa de Valores, a caderneta de poupança foi o investimento mais rentável do mês de novembro. Ainda assim, esse é considerado um momento de perda por conta da alta da inflação.