Promessas de Ano Novo: veja gastos para reduzir em 2022

Que tal começar seu novo ano cortando despesas? Por isso, confira agora a dica de gastos para reduzir em 2022.

Que tal começar o seu ano já cumprindo uma promessa de ano novo?
Que tal começar o seu ano já cumprindo uma promessa de ano novo? - Shutterstock

por Loyane Lapa
Publicado em 31/12/2021 às 15:30
Atualizado às 15:30

COMPARTILHEFacebook Finanças e EmpreendedorismoPinterest Finanças e Empreendedorismo

Entra ano e sai ano, a prioridade é sempre a mesma: economizar. Afinal, a organização financeira sempre é a melhor saída. E a falta dela pode trazer problemas muito sérios, como a inadimplência.

De acordo com a Confederação Nacional do Comércio (CNC), cerca de 74,6% das famílias brasileiras estão endividadas. E isso acontece porque o país vem passando por problemas como o alto número de desempregados e a alta na inflação.

E como ninguém nunca sabe quando pode ser pego de surpresa, a melhor opção nesse momento é poupar. Por isso, que tal começar o seu ano já cumprindo uma promessa de ano novo, hein? Confira agora gastos para reduzir em 2022.

1. Compras por impulso

As compras por impulso são um problema sério. Isso porque, quando não evitadas, elas beiram o descontrole e podem acabar com o seu orçamento mensal. Por isso, é importante tomar muito cuidado com o exagero.

Além disso, é importante compreender o que faz com que você chegue ao desejo impulsivo. Uma pesquisa da CNDL e do SPC Brasil revelou que 44% das compras realizadas pela internet são feitas por impulso. 

Ou seja, evitar também os ambientes que despertam esse sentimento vale a pena.

2. Taxas de instituição financeira

Você sabia que, por lei, todo banco precisa oferecer uma cesta de serviços essenciais aos clientes? Pois é. E elas devem ser oferecidas de maneira gratuita para todos. Esse é um detalhe importante que muita gente não sabe, por conta do empurra-empurra de tarifas bancárias que os bancos fazem os clientes gastarem.

Essa cesta possui serviços reduzidos, mas que valem a pena se você não é uma pessoa que utiliza a conta bancária com tanta frequência. Outra opção viável é migrar para um banco digital que possui serviços ilimitados sem taxas.

Por fim, as tarifas bancárias são apenas mais um dos gastos que você pode reduzir a partir de 2022.

3. Aplicativos de delivery

Outro grande vilão do orçamento são os aplicativos de delivery. Em pesquisas recentes, foi divulgado que o brasileiro gasta mais de 10% de sua renda mensal com alimentação e outros pedidos feitos por esse canal.

Então que tal começar a produzir suas próprias refeições em casa? Além de ser mais barato, você vai poder fazer em mais quantidade para outros dias.

4. Aplicativos de transporte

Um “primo” do delivery, os aplicativos de transporte também consomem a renda mensal de muita gente por aí que vive com preguiça de utilizar o transporte público ou de fazer uma caminhada. Muita gente não percebe que de 20 em 20 reais é possível chegar a R$ 200 de uma maneira muito rápida.

Por isso, uma maneira de reduzir esse gasto é justamente desinstalando o aplicativo ou deixando ele inacessível. Outro jeito é estabelecendo combinados, como utilizar apenas aos finais de semana ou situações de urgência, por exemplo.

5. Assinatura ou planos desnecessários

Os streamings vieram para salvar o tédio, não dá para negar. E com tantas possibilidades assim, não é difícil encontrar quem possua mais de 3 assinaturas desse tipo. O problema é que não dá para usar tudo ao mesmo tempo, então você acaba pagando por aqueles que não usa.

A mesma coisa com planos, como o de celular. Será que você realmente precisa de um plano tão alto por conta da internet, mesmo tendo um bom wi-fi em casa?

Pois é. O jeito é ir analisando quais são os seus gastos e cancelá-los ou trocar por planos mais baratos. Já os streamings podem ser cancelados e revezados mês a mês. Desse jeito, é possível assistir a todas as programações de um e trocá-lo quando estiver enjoado ou cansado das opções.

Viu como é fácil encontrar gastos para reduzir? Agora compartilhe essa matéria com alguém que também precisa economizar em 2022!