Peru e bacalhau devem ser deixados de lado na Ceia de Natal

Para caber no orçamento da Ceia de Natal, carnes como o frango e o pernil suíno serão os grandes substitutos.

Receitas preparadas com carne de porco podem ser uma opção barata e gostosa para o Natal
Receitas preparadas com carne de porco podem ser uma opção barata e gostosa para o Natal - Shutterstock

por Loyane Lapa
Publicado em 13/12/2021 às 13:10
Atualizado às 13:10

COMPARTILHEFacebook Finanças e EmpreendedorismoPinterest Finanças e Empreendedorismo

Ao que tudo indica, pratos já tradicionais como o bacalhau e o peru não farão parte da Ceia de Natal dos brasileiros neste ano. Com a inflação em dois dígitos, esses alimentos dispararam e ficaram inviáveis para as famílias.

Nos supermercados também já é possível identificar outros dois protagonistas para este ano. Entre eles, está o pernil suíno. Acumulando queda de 1,27% em 12 meses, o produto passa a ocupar mais espaço nas gôndolas. 

Essa mudança também é possível de ser identificada entre aqueles que preferem comprar a Ceia de Natal pronta. A maioria desses empreendedores estão oferecendo opções com variações de carne de porco e de frango para não perder a clientela.

E a mudança não é à toa. Ao longo do ano, foi possível ver vários tipos de carne, principalmente a bovina com preços disparados. Mesmo com o veto à importação chinesa, essa variação apresentou diminuições tímidas, mas que ainda atrapalham o consumidor brasileiro a voltar a botar esse tipo de carne na mesa. 

Até a carne de frango, que costumava ser a mais barata do mercado, foi pega pela inflação. De acordo com o Índice de Preços ao Consumidor - Disponibilidade Interna (IPC-DI) da Fundação Getúlio Vargas, o aumento foi de 24,28% em 12 meses.

Porções menores podem aliviar o bolso

Por serem produtos sazonais, as aves natalinas que são pratos comuns dessa época também podem ser encontradas com preços que afastam o consumidor. O chester, por exemplo, subiu 33% desde o último natal.

Para aqueles que não gostam de quebrar a tradição, uma opção viável pode ser a compra de porções menores para a Ceia de Natal. Para isso, os consumidores podem investir em pratos que levam esses ingredientes como um recheio.

Outra maneira de substituir as aves natalinas é fazendo essa troca pelo frango inteiro. O frango, quando assado, lembra muito aves como o peru e o chester. Então esses sabores podem acabar não fazendo tanta diferença na Ceia de Natal.

Já entre aqueles que preferem peixes, um grande substituto para o momento é o pirarucu. O peixe amazônico tem atraído olhares e torna-se um rival nacional à altura do bacalhau norueguês, item tradicional das ceias.

Com informações de IG Economia.