Levantamento afirma que produtos possuem horários de promoções com descontos maiores na Black Friday

De acordo com a Promobit, o desconto é oferecido conforme o horário estipulado de promoções. Confira qual a melhor hora do dia para comprar o que deseja!

O consumidor pode utilizar os horários como uma estratégia para garantir os melhores preços!
O consumidor pode utilizar os horários como uma estratégia para garantir os melhores preços! - Shutterstock

por Loyane Lapa
Publicado em 23/11/2021 às 16:30
Atualizado às 16:30

COMPARTILHEFacebook Finanças e EmpreendedorismoPinterest Finanças e Empreendedorismo

A plataforma especializada em promoções Promobit divulgou um levantamento que mostra que existem horários específicos para comprar cada item de acordo com a categoria a qual ele pertence, no período de Black Friday.

Os dados utilizados para o levantamento são das últimas três Black Fridays (2018, 2019 e 2020) realizadas no Brasil. E as promoções dos comércios começam a partir das primeiras horas da sexta-feira, durante a madrugada.

Embora muitos aguardem pelas promoções da tradicional Black Friday, já é possível pegar promoções dignas antes da data. Isso porque, muitos comércios aderiram ao “Black November” ou ao “Esquenta Black Friday” para venderem durante todo o mês.

Para o CEO da Promobit, Fabio Carneiro, é importante utilizar as promoções ofertadas na Black Friday como instrumento comparativo. “Valerá, então, comparar se na Black Friday as promoções anunciadas neste melhoraram”, afirma Carneiro.

Contudo, a novidade do evento é que cada produto possui o seu horário específico de promoções. Nesse sentido, essas faixas de horário funcionam como uma tática para esconder do consumidor as melhores promoções.

Para Carneiro, “os melhores descontos acabam muito rápido. Já sabendo que, geralmente, as promoções acontecem com maior incidência em determinadas faixas de horário, o consumidor poderá ser mais estratégico”.

Observe abaixo os horários e datas em que cada promoção pode aparecer, para fazer boas escolhas nesta Black Friday!

Item por item: confira abaixo quais são os melhores horários de promoções para o consumidor

  • Vestuário: levando em consideração os dados de 2019 e 2020 da Promobit, as melhores promoções já começam a acontecer na quinta-feira, entre 21h e 22h. Isso para itens femininos. Já para o vestuário masculino, os melhores horários de promoções acontecem entre 11h de quinta-feira e a meia noite de sexta. A plataforma também recomenda que sejam observados os mesmos horários, mas no próprio dia da Black Friday. E em caso de dúvida, recomenda-se o acesso na quinta-feira de manhã e à noite, por volta das 21h para observar a mudança. 

  • Tablets e celulares: segundo o levantamento, as melhores ofertas para essa categoria de aparelhos são entre às 23h de quinta-feira e as 02h da manhã de sexta-feira. Depois, elas voltam a aparecer por volta das 13h de sexta-feira e por fim, entre as 22h e 23h, no final da noite da Black Friday. 

  • Informática: já para aqueles que estão em busca de notebooks, PCs e produtos relacionados, os horários de promoções são entre quinta-feira, às 19h e sexta-feira, às 02h da manhã. Depois, as ofertas voltam a aparecer entre às 19h e 21h da data oficial de Black Friday.
  • TVs, fones de ouvido e caixas de som: de acordo com a Promobit, os melhores horários de promoções para esses itens são na virada de quinta para sexta-feira. Por isso, a recomendação é que os consumidores já estejam atentos aos sites a partir das 22h de quinta-feira. Mas, podem surgir promoções pela manhã de sexta, entre às 10 horas da manhã e depois por volta das 20h e 23h.
  • Eletrodomésticos: por serem os itens mais procurados durante a Black Friday, essa categoria possui muitas variações. No entanto, a Promobit recomenda que os melhores horários para essas promoções aconteçam na própriasexta-feira, entre meio-dia, 20h e 23h.

Por fim, é recomendado ficar de olho e ter como auxílio ferramentas de monitoramento de preço. Afinal, nunca se sabe quando você pode cair numa promoção de “Black Fraude”, não é verdade?