Gasolina ou etanol? Com a alta de preços dos combustíveis, veja como economizar

Pequenas mudanças, quando somadas, podem gerar uma significativa economia no orçamento

Gasolina
Gasolina - Shutterstock

por Gabriela Campos
Publicado em 17/03/2021 às 11:56
Atualizado às 11:56

COMPARTILHEFacebook Finanças e EmpreendedorismoPinterest Finanças e Empreendedorismo

É o preço dos combustíveis vendidos às distribuidoras aumentar e, batata: em poucas horas os consumidores finais, eu e você, também sentimos no bolso o peso dessa alteração de valor. Essa sempre foi uma realidade conhecida pelos brasileiros, mas nas últimas semanas ela vem se tornando parte da rotina, já que nos primeiros três meses de 2021, a gasolina teve seu preço de venda às distribuidoras alterado cinco vezes e o diesel seis. 

E qual o reflexo disso para nós, meros consumidores? Se em 2020 era comum encontrar o litro da gasolina na faixa dos R$4,30, hoje, nas placas dos postos de combustíveis de todo Brasil, é muito raro encontrá-la por menos de R$5,30. 

Por conta deste cenário, fazer aquela conta de rendimento com etanol ou gasolina nos automóveis flex - os quais funcionam com ambos combustíveis - tornou-se mais do que necessário! Quer uma ajudinha de como descobrir qual o combustível mais rentável no momento? Confira as dicas abaixo!

1 - Coloque os valores na calculadora

Uma das formas mais fáceis de fazer essa análise é por meio da divisão do valor do litro do etanol pelo valor do litro da gasolina. 

Divida o preço do etanol pelo da gasolina e, se o resultado for inferior a 0,7, dê preferência ao etanol. Agora, se o resultado for maior que 0,7, siga com a gasolina.

Por exemplo: se a gasolina estiver custando R$5,50 no posto e o etanol R$4,00, a divisão será 4 / 5,50, totalizando 0,72. Então, vale abastecer com gasolina, ainda que a diferença seja mínima.

2 - Compare “na raça”

A segunda dica é aquela dica óbvia, mas que às vezes a gente até esquece, sabe?

Se você fez o cálculo acima, mas quer ir mais à fundo no consumo do seu carro com determinado combustível, então é hora de testar. 

Abasteça com um valor X de gasolina, anote a quilometragem e seja feliz. Quando esta quantidade estiver acabando, abasteça com a mesma quantidade, mas agora com etanol. Ao final desse processo, compare as quilometragens e tire a dúvida! 

IMPORTANTE: alguns profissionais recomendam que os motoristas deixem o tanque quase na reserva na hora de fazer a alternância entre gasolina e o etanol, contudo, vale lembrar que a troca dos combustíveis não deve ser um problema para o seu veículo, uma vez que, em pleno funcionamento, os componentes que fazem a identificação do combustível irão fazer essa “virada” tranquilamente. Caso você note algum problema durante essa mudança, é interessante encaminhar o veículo até um profissional para que ele verifique o que está havendo.

3 - Utilize aplicativos

Se você fez as contas, mas ainda assim ficou com alguma dúvida, fique tranquilo, existem outras ferramentas que podem te ajudar nessa questão: os aplicativos. 

Por meio deles você consegue acompanhar os gastos, fazer comparativos e gerar relatórios do consumo do seu veículo. Para Android, uma boa opção é o Gasosa. Já para os usuários da Apple, recomendamos o Drivvo. 

Meu veículo não é flex, e agora? 

Os veículos flex possuem essa possibilidade de alternância, mas se o seu carro ou moto só pode receber gasolina, respire fundo e saiba que nem tudo está perdido - muito pelo contrário! 

Por conta da pandemia, pegar e oferecer carona aos vizinhos não é uma medida recomendada, mas existem outras maneiras de economizar, quer ver? 

- Se possível, dê preferência para uma caminhadinha a pé até a padaria ao invés de utilizar o carro; 

- Organize os horários da família para evitar “vai e volta”;

- Se sua profissão permitir, cheque a possibilidade de trabalhar de casa alguns dias por semana. 

Essas pequenas mudanças, quando somadas, farão muita diferença no orçamento do mês.