Como utilizar o dinheiro do 13º salário de um jeito eficiente?

Especialista da área administrativa apresenta dicas e pontos de atenção para a organização financeira e otimização do dinheiro do 13º salário.

Confira 5 dicas para utilizar o seu 13º salário com eficiência!
Confira 5 dicas para utilizar o seu 13º salário com eficiência! - Shutterstock

por Loyane Lapa
Publicado em 03/12/2021 às 16:02
Atualizado às 16:02

COMPARTILHEFacebook Finanças e EmpreendedorismoPinterest Finanças e Empreendedorismo

No fim de novembro, os trabalhadores de carteira assinada receberam mais uma vez o dinheiro do seu 13º salário. O depósito, que pode acontecer integralmente ou em duas parcelas, funciona como uma bonificação natalina para aqueles que trabalharam em 2021.

Para muitos, o 13º salário é considerado um alívio, afinal o dinheiro extra que entra no bolso do trabalhador pode ser útil para o pagamento de dívidas ou até mesmo para aquela ceia especial de Natal.

De acordo com a Confederação Nacional do Comércio (CNC), o dinheiro extra deve injetar R$ 222,8 bilhões na economia do país, maior valor nos últimos nove anos. Mas, a principal pergunta é: qual a melhor estratégia financeira para utilizá-lo?

Ouvimos Luiz Henrique Avelino, especialista em administração, que trouxe dicas importantes para utilizar o 13º de um jeito eficiente.

Para ele, é importante que o trabalhador mantenha o foco e racionalize o momento: “Apesar do recebimento do ‘salário extra’, é preciso ficar atento com as despesas das festas de Natal e Ano Novo, IPVA, IPTU, viagem de férias de verão, matrículas escolares, e outras responsabilidades que precisarão ser pagas nos próximos meses”.

Confira agora as cinco dicas inteligentes para utilizar o 13º salário de um jeito eficiente.

1. Pague as dívidas

Caso esteja no cheque especial ou parcelas de financiamento no cartão de crédito, deve usar o 13º salário para quitar essas dívidas. Para Avelino, “se não der para ‘zerar’ tudo, comece pelas contas que cobram os juros mais altos e negocie com as instituições”.

2. Reserve dinheiro para as contas do começo do ano

Outra maneira de utilizar o 13º salário de um jeito eficiente, é reservando esse valor para as contas de início de ano. É nesse período que acontecem a cobrança de contas como o IPTU, IPVA, matrículas e materiais escolares pagos. Sendo assim, utilize o recebimento para começar 2022 com folga no orçamento. O planejamento é fundamental!

3. Faça uma reserva de emergência

Ter um fundo para imprevistos é importante para encerrar, começar e ter um ano com a cabeça tranquila. Nunca se sabe quando vai ocorrer um imprevisto familiar ou até mesmo a perda de um emprego. 

Por isso, a dica do especialista é: aproveite o 13º salário para iniciar seu fundo de reservas. O ideal é que se tenha um valor equivalente a, pelo menos, seis meses de despesas mensais fixas.

4. Busque por formas de investimentos

Se você já tem um fundo para emergências e não tem dívidas, aproveite para investir. Escolha investimentos adequados às suas necessidades. O 13º salário também pode se transformar no primeiro passo para contratar produtos financeiros que garantam a segurança financeira de todos da sua casa. Sempre aplique o dinheiro de forma estratégica, visando o futuro.

5. Presentes

Se você costuma comprar presentes, esse pode ser um bom destino para o seu décimo terceiro. Com o dinheiro extra, é possível organizar a lista de pessoas a serem presenteadas e comprar de acordo, sem exageros. Por fim, pesquise bem os preços, busque por promoções e antecipe suas compras, se for possível.